Em minhas ingressões pelo universo da literatura, quando tinha cerca de 21 anos, descobri Nora Roberts.  Cheia de homens lindos, galantes, românticos, capazes de fazer tudo por suas mulheres, as histórias dessa autora me cativaram a ponto de em menos de um ano todos seus livros terem passado pelo meu crivo – ou ganharem um lugar na minha estante.   E assim foi até os dias de hoje.

Alguns relacionamentos semi-felizes depois, cheguei no meu atual com uma certa bagagem de experiência, porém proporcional a meu nível de expectativa.  Queria é casar com um desses heróis românticos, tão bem explorados por Nora e suas trilogias.   Foi preciso um taurino com uma dose de racionalidade exacerbada e um romantismo prático para me fazer chegar a conclusão de que esses homens perfeitos – para o bem ou para o mal – não existem.

Woman Reading a Diary

Sim, cara leitora.  Roarke, Nathan, Gray.  Todos eles são somente o que são, meras obras de ficção criadas para servir a um dos papéis mais baixos da ficção de folhetim  – fazer você esquecer da realidade por algumas horas, dando tudo aquilo que você almeja mas não necessariamente pode ter ou terá.  E isso não é o pior.  Cheguei a conclusão de que mais do que válvula de escape, Nora, Sparks e companhia são um verdadeiro desserviço a nós, mulheres.

Analise friamente todos os seus relacionamentos, inclusive o seu atual, se houver, e me diga: qual deles atendeu 100% esse ideal romântico que você leu nesses livros?   Preste atenção a proporção antes de responder.   Fazer eventuais gestos românticos não significa que o cara saltou diretamente das páginas dos livros para a realidade.  Se ele faz algumas coisas para te agradar, está no mínimo sendo coerente – seja seu objetivo te levar para a cama ou casar com você.

Os homens da vida real são homens da vida real e nada mais do que isso.  Lamento informar que eles não são magos, bruxos ou videntes para adivinhar o que você  deseja.   Isso quer dizer que se você não falar que seu sonho é fazer um passeio de barco no Sena, em Paris, enquanto brinda com Chandon, ele não vai chegar com as passagens magicamente só porque você idealizou isso. Reality hurts, lindinha.

Meninas que como eu se entregam a esses livros sem uma certa dose de discernimento , começam a idealizar e a sonhar com um príncipe que não existe.  E aí, quando de fato conhecem seu cavaleiro galante, perdem a oportunidade de serem felizes porque o outro não a cobriu de rosas vermelhas ou não conseguiu dar a quarta bombada na mesma noite – sem algemas.

Nora Roberts e suas similares aumentam nosso nível de exigência,  de uma forma que fica difícil voltar atrás antes que seja tarde e a solterice bata a porta.  Como nunca encontramos o herói galante, não podemos ser as mocinhas apaixonadas e, por isso, acabamos sabotando o relacionamento, dizendo que somos infelizes, ou fazendo dramas desnecessários que poderiam ser evitados com uma boa conversa sincera (daquelas que nunca acontecem na ficção).

Surprised-women-reading-n-001-670x350

Meu conselho?  Dedique-se a livros de vampiros, bruxas, cavaleiros. Banque a estudiosa, a religiosa, a nerd, o que seu humor mandar. Mas esqueça a Nora.  Passe longe do Sparks.   Ou, se quiser entregar-se a esse tipo de literatura, tenha a certeza absoluta de que você está consciente da mentira.  Crie um mantra, escreva no marcador do seu livro:  esse cara não existe.   Nem nunca vai existir.   E seja feliz entregando-se aos amores efêmeros ou imperfeitos – porque é disso que a vida de verdade é feita.   E é isso o que faz dela emocionante e muito melhor do que qualquer conto de fadas.

 

Escrito por Isa Schulberg

Isa Schulberg é loira, escritora, jornalista e, nas horas vagas, é psicótica, antropóloga e psicóloga. Quando não está descalça atualizando seu blog, está sempre com os pés em um salto, de olho no que rola por aí.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s